HOME - Odontopediatria
 
 
01 Julho 2024

Avaliação da relação entre a ansiedade dentária e o estado de saúde oral das mães e dos seus filhos





FreepikFreepik

As mães têm normalmente o papel principal na educação dos filhos e no desenvolvimento de comportamentos relacionados com a saúde. Este estudo tem como objetivo avaliar a relação entre a ansiedade dentária e o estado de higiene oral das mães e a ansiedade dentária e a saúde gengival das crianças.

Métodos

O estudo incluiu 305 crianças, com idades entre os 4 e os 12 anos, que foram ao dentista pela primeira vez e as suas mães. Todas as informações demográficas e de higiene oral foram recolhidas através de um questionário. A ansiedade dentária das mães e das crianças foi avaliada utilizando a Escala de Ansiedade Dentária Modificada (MDAS) e o Teste de Imagem de Venham (VPT), respetivamente. Foi efectuado o exame oral das mães e das crianças e foram registadas as pontuações PI, GI e DMFT.

Resultados

Enquanto a correlação entre a MDAS e o VPT foi positiva e forte nas crianças com idades entre os 8 e os 12 anos, foi positiva mas fraca no grupo etário dos 4 aos 7 anos. Foi detectada uma relação significativa entre o IP, o IG e o DMFT da mãe e a pontuação do TPV da criança. De acordo com a ansiedade dentária das mães, não houve diferenças estatisticamente significativas nos valores de IP, IG e dmft nas crianças de 4 a 7 anos. Uma relação moderadamente positiva e estatisticamente significativa entre a ansiedade dentária materna e o DMFT das crianças foi identificada nas crianças dos 8 aos 12 anos.

Conclusões

A ansiedade dentária das crianças foi significativamente influenciada pela ansiedade dentária materna, pelas complicações pós-tratamento sentidas pela mãe e pelo estado de saúde oral da mãe.

Fonte/Estudo completo: Besiroglu-Turgut, E., Kayaalti-Yuksek, S. & Bulut, M. Evaluation of the relationship between dental anxiety and oral health status of mothers and their children. BMC Oral Health 24, 749 (2024). https://doi.org/10.1186/s12903-024-04530-0 

Artigos relacionados

A Escala de Vulnerabilidade Dentária (EVO-BR) é um instrumento desenvolvido para auxiliar na identificação de indivíduos vulneráveis à saúde bucal....


Desde dezembro de 2023, 100 estudantes de odontologia da Universidade da Flórida foram treinados no módulo de deteção de cáries da Overjet, uma tecnologia...


A craniossinostose (CS), fusão prematura de uma ou mais suturas cranianas, leva a um desenvolvimento anormal do crânio, com impacto tanto na estética facial como na função oral. Este estudo teve...


Os problemas de saúde oral têm aumentado entre os adultos mais velhos. A hipofunção oral é caracterizada por sete sinais e sintomas: impureza oral, secura oral, declínio da força oclusal,...


Um dos fatores mais importantes que tem influência na taxa de sucesso dos implantes dentários é a perda óssea marginal. O objetivo deste estudo é investigar o efeito da posição vertical do...


Otros artículos

“Mais e melhor conhecimento científico e técnico, investindo numa formação universitária idónea”. Eis a recomendação que o professor Francisco do...


De acordo com notícia avançada pelo portal da Ordem dos Médicos Dentistas (OMD), o bastonário da OMD, Miguel Pavão, e a vice-presidente do Conselho Diretivo, Maria João Ponces, estiveram...


A Sociedade Britânica de Periodontologia e Implantologia (BSP) vai realizar a sua conferência anual em Newcastle, de 9 a 11 de outubro, sob o tema...


O Sindicato dos Médicos Dentistas (SMD) esteve presente na sede da Inspeção-Geral das Atividades em Saúde (IGAS), onde prosseguiu o seu périplo de...


AUTORA: Andreia Patrão, médica dentista. Mestrado Integrado em Medicina Dentária pela Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra. Prática exclusiva em reabilitação oral estética e...


Vídeo destacado


 
 

 
 
 
 
 
 

Calendário / eventos