HOME - Medicina Dentária Geral
 
 
03 Julho 2024

Diretrizes baseadas em evidências em saúde oral: insights de uma pesquisa sistemática





FreepikFreepik

As doenças orais são um grande problema de saúde pública global, impactando a qualidade de vida dos afetados. Embora exista consenso sobre a importância de diretrizes de alta qualidade, baseadas em evidências, para informar a prática e as decisões de saúde pública na medicina, metodologias e padrões apropriados não são comumente seguidos entre os produtores de diretrizes de saúde oral. Este estudo teve como objetivo identificar sistematicamente organizações que desenvolvem diretrizes baseadas em evidências em saúde oral globalmente e pesquisar o processo metodológico seguido para formular recomendações.

Métodos

Pesquisamos vários bancos de dados eletrônicos, repositórios de diretrizes e sites de desenvolvedores de diretrizes, sociedades científicas e organizações internacionais (janeiro de 2012 a outubro de 2023) para identificar organizações que desenvolvem diretrizes abordando qualquer tópico de saúde oral e que declaram explicitamente a inclusão de evidências de pesquisa em seu desenvolvimento. Pares de revisores avaliaram independentemente organizações potencialmente elegíveis de acordo com critérios de seleção predefinidos e extraíram dados sobre as características da organização, principais características de suas diretrizes e o processo seguido ao formular recomendações formais. Estatísticas descritivas foram usadas para analisar e resumir os dados.

Resultados

Incluímos 46 organizações que desenvolveram diretrizes baseadas em evidências em saúde oral. As organizações eram principalmente associações profissionais e sociedades científicas (67%), seguidas por organizações governamentais (28%). No total, as organizações produziram 55 tipos diferentes de documentos de diretrizes, a maioria contendo recomendações para a prática clínica (77%). Os painéis eram compostos principalmente por profissionais de saúde (87%), seguidos por metodologistas de pesquisa (40%), formuladores de políticas (24%) e parceiros de pacientes (18%). A maioria (60%) das diretrizes relatou sua fonte de financiamento, mas apenas uma em cada três (33%) incluiu uma política de gerenciamento de conflito de interesses (COI). A metodologia usada nos 55 tipos de documentos de diretrizes variou entre as organizações, mas apenas 19 (35%) continham recomendações formais. Metade (51%) dos documentos de diretrizes se referiu a um manual de metodologia, 46% sugeriram uma abordagem ou sistema estruturado para classificar a certeza da evidência e a força das recomendações, e 37% mencionaram o uso de uma estrutura para passar da evidência para as decisões, com o GRADE-EtD sendo o mais amplamente usado (27%).

Conclusão

Nossas descobertas ressaltam a necessidade de alinhamento e padronização da terminologia e das metodologias usadas nas diretrizes de saúde oral com os padrões internacionais atuais para formular recomendações confiáveis.  

Fonte/Estudo: Verdugo-Paiva, F., Rojas-Gómez, A.M., Wielandt, V. et al. Evidence-informed guidelines in oral health: insights from a systematic survey. BMC Oral Health 24, 746 (2024). https://doi.org/10.1186/s12903-024-04445-w 

Artigos relacionados

A Escala de Vulnerabilidade Dentária (EVO-BR) é um instrumento desenvolvido para auxiliar na identificação de indivíduos vulneráveis à saúde bucal....


Desde dezembro de 2023, 100 estudantes de odontologia da Universidade da Flórida foram treinados no módulo de deteção de cáries da Overjet, uma tecnologia...


A craniossinostose (CS), fusão prematura de uma ou mais suturas cranianas, leva a um desenvolvimento anormal do crânio, com impacto tanto na estética facial como na função oral. Este estudo teve...


Os problemas de saúde oral têm aumentado entre os adultos mais velhos. A hipofunção oral é caracterizada por sete sinais e sintomas: impureza oral, secura oral, declínio da força oclusal,...


Um dos fatores mais importantes que tem influência na taxa de sucesso dos implantes dentários é a perda óssea marginal. O objetivo deste estudo é investigar o efeito da posição vertical do...


Otros artículos

“Mais e melhor conhecimento científico e técnico, investindo numa formação universitária idónea”. Eis a recomendação que o professor Francisco do...


De acordo com notícia avançada pelo portal da Ordem dos Médicos Dentistas (OMD), o bastonário da OMD, Miguel Pavão, e a vice-presidente do Conselho Diretivo, Maria João Ponces, estiveram...


A Sociedade Britânica de Periodontologia e Implantologia (BSP) vai realizar a sua conferência anual em Newcastle, de 9 a 11 de outubro, sob o tema...


O Sindicato dos Médicos Dentistas (SMD) esteve presente na sede da Inspeção-Geral das Atividades em Saúde (IGAS), onde prosseguiu o seu périplo de...


AUTORA: Andreia Patrão, médica dentista. Mestrado Integrado em Medicina Dentária pela Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra. Prática exclusiva em reabilitação oral estética e...


Vídeo destacado


 
 

 
 
 
 
 
 

Calendário / eventos