HOME - Nacional
 
 
01 Abril 2024

ISPUP integra projeto de saúde oral na Europa





O Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP) é uma associação privada, sem fins lucrativos, com estatuto de utilidade pública, criada em 2006, no seio da Universidade do Porto e a única instituição portuguesa a integrar o PRUDENT, um projeto europeu que visa desenvolver e implementar uma estrutura inovadora para o financiamento otimizado da higiene oral.

De acordo com a Resolução de 2021 da Organização Mundial da Saúde (OMS) dedicada à Saúde Oral, os cuidados de saúde oral enfrentam grandes desafios ao nível do seu financiamento e, também por isso, continuam a ser negligenciados. Um número considerável de cidadãos da UE não tem acesso a cuidados de saúde oral de qualidade e são muitos os que não conseguem pagar os tratamentos dentários de que necessitam.

Este cenário, além das óbvias consequências para a saúde do indivíduo, aumenta também os custos com os tratamentos e o desperdício de recursos do lado dos prestadores de cuidados de saúde. Existe ainda, atualmente, uma grande lacuna entre a investigação (sobre cuidados de saúde oral) e a política e entre a investigação e o que acontece, na prática. Persiste a inércia, ao invés de serem levadas a cabo ações para fazer face a esta problemática, em grande parte evitável, das doenças orais.

Neste sentido, o projeto PRUDENT, que começou a ser desenvolvido em 2023 e que deverá estar concluído em 2027 , surge com o objetivo de desenvolver e implementar uma estrutura inovadora e adaptável ao contexto para o financiamento otimizado dos cuidados de saúde oral.

Coordenado pela Radboud University Medical Centre (Países Baixos) e financiado pela Comissão Europeia, no cluster da Saúde, ao abrigo do programa Horizonte Europa, o PRUDENT reúne investigadores de várias universidades nacionais e internacionais, autoridades públicas e formuladores de políticas, sociedade civil e organizações de pacientes, seguradoras de saúde e profissionais de saúde, com o propósito de alcançar uma mudança radical na resolução coletiva deste problema. Dada a abrangência do tópico, o projeto usa uma abordagem direcionada, totalmente focada nas principais causas subjacentes às atuais limitações do financiamento de cuidados de saúde.

Como explica Paulo Melo, investigador responsável pela coordenação do projeto no ISPUP, docente da Faculdade de Medicina Dentária da Universidade do Porto (FMDUP) e membro do laboratório “Percurso de Vida e Saúde Oral” do Laboratório associado para a Investigação Integrativa e Translacional em Saúde Populacional (ITR), “o PRUDENT é um projeto extremamente ambicioso que envolve vários parceiros europeus e que pretende identificar as formas mais adequadas de financiar cuidados de saúde oral e testá-las em tempo real, permitindo assim fornecer evidência das opções de financiamento de cuidados de Saúde Oral mais adequadas para cada situação especifica”.

Neste momento, o ISPUP está a preparar, em colaboração com a Universidade de Technische, em Berlim, um inquérito para a obtenção de informações qualificadas, abrangentes e detalhadas sobre os sistemas de financiamento e pagamento dos cuidados de saúde oral nos diferentes países que participam no projeto.

Durante os próximos quatro anos, o projeto PRUDENT irá:   

  • Co-desenvolver indicadores de desempenho do sistema de cuidados de Saúde Oral e implementá-los num quadro de monitorização em toda a União Europeia;
  • Conduzir experiências em laboratório e no “mundo real” para identificar mecanismos otimizados de financiamento de cuidados de Saúde Oral;
  • Aproveitar a aprendizagem regulamentar, o planeamento de recursos adaptado às necessidades e a definição deliberativa de prioridades para a melhoria do financiamento dos cuidados de Saúde Oral.

Todo o conhecimento adquirido com o desenvolvimento do PRUDENT será, posteriormente, integrado na “PRUDENT Financing Companion” – conferência participativa sobre para discussão dos resultados do projeto – que compilará resumos sobre políticas e ferramentas de auxílio à decisão, com medidas aplicáveis e adaptadas ao contexto do financiamento dos cuidados de Saúde Oral, no sentido de promover a sua melhoria.          

Fonte: ISPUP

Otros artículos

De acordo com nota divulgada pela Sociedade Portuguesa de Endontologia (SPE), a Comissão Organizadora do IV Congresso SPE, que decorrerá entre 27 e 28 de setembro em Guimarães, juntamente com...


De acordo com o Programa do XXIV Governo Constitucional entregue na Assembleia da República, o executivo pretende criar um Programa Prioritário de Promoção...


Após mais de um ano de investigação, Rufo Alberto Figueroa Banda, da Universidade Católica de Santa Maria (Peru), criou um gel anti-cárie à base de...


Nome: Feira Internacional de Medicina Dentária KRAKDENT® Data e local: 11 a 13 de abril na Expo Krakow - Cracóvia (Polónia)Descrição: A KRAKDENT® celebra este ano 30...


AUTOR:  Juan P. Miraglia Cantarini Endodontia Microscópica e Microcirurgia Apical. Torremolinos – Málaga (Espanha) MiragliaEndodoncia - Costa...



 
 

 
 
 
 
 
 

Calendário / eventos