HOME - Internacional
 
 
13 Maio 2024

Saúde oral na Alemanha: benefícios dos cuidados preventivos

Os investimentos na prevenção reduzem os elevados custos dos tratamentos subsequentes, como coroas ou implantes dentários.





FreepikFreepik

A Alemanha registou progressos significativos na melhoria da saúde oral através de medidas preventivas, com destaque para os cuidados dentários preventivos como pedra angular para combater problemas como as cáries e as doenças periodontais. Esta é a principal conclusão do livro branco Economist Impact, produzido pela Federação Europeia de Periodontologia, que analisa o impacto da saúde oral em diferentes países europeus.  

Apesar de ter um sistema de saúde avançado e bons resultados em comparação com outras nações, a Alemanha enfrenta desafios significativos em termos dos elevados custos do tratamento dentário. O relatório salienta que uma maior ênfase em medidas preventivas, como a possível adição de flúor ao abastecimento de água, poderia ajudar a reduzir estes custos e a melhorar a saúde oral a nível nacional.   Um dos resultados mais notáveis da Alemanha é a sua baixa prevalência de dentes cariados, ausentes ou obturados entre os jovens de 12 anos, o que demonstra a eficácia das suas estratégias de saúde oral. No entanto, o país enfrenta os custos mais elevados com coroas e implantes dentários, o que realça a importância das intervenções preventivas para reduzir os custos a longo prazo.     

O relatório salienta igualmente as disparidades socioeconómicas significativas em matéria de saúde oral na Alemanha. Os custos da cárie são significativamente mais elevados para os mais vulneráveis, o que ilustra a necessidade de uma abordagem equitativa dos cuidados dentários.   O Presidente da Sociedade Dentária Nacional Alemã, Professor Henrik Dommisch, sublinha o impacto transformador dos cuidados preventivos, salientando que o investimento em medidas como a fluoretação da água e a educação para a higiene oral não é apenas um imperativo de saúde, mas também uma decisão económica sensata.  

O relatório conclui que a Alemanha pode conseguir poupanças significativas em termos de custos e benefícios para a saúde investindo em cuidados dentários preventivos. Isto não só beneficiaria a população em geral, como também serviria de modelo para outros países, demonstrando como as intervenções a montante podem gerar benefícios substanciais para a saúde e para a economia.  

Em suma, o enfoque da Alemanha na prevenção da saúde oral não só está em conformidade com as recomendações da OMS, como também oferece um caminho sustentável para a igualdade de condições no domínio da saúde oral, garantindo que todos os cidadãos têm acesso aos cuidados de que necessitam.  

Fonte: Federação Europeia de Periodontologia (EFP).

Artigos relacionados

Num artigo recentemente publicado no British Dental Journal, os autores de ortodontia dão conselhos aos dentistas generalistas quando lidam com emergências...


Otros artículos

O 6º Fórum do Conselho Nacional de Saúde (CNS), que se realiza dia 3 de junho, na Assembleia da República (AR), irá incidir sobre o sistema de informação...


Nome: Reunião Anual da Academia Portuguesa de Medicina Oral Data e local: 24 e 25 de maio em Lisboa Organizador: Academia Portuguesa de Medicina Oral Descrição:  A...


Nos próximos dias 5 e 7 de junho, a S.I.N. Implant System, referência mundial na fabricação de implantes dentários, componentes e soluções odontológicas,...


International Team of Implantology realizou o Simpósio Mundial ITI 2024 nos pasados dias 9 a 11 de maio, em Singapura, com más de 5.500 participantes ...


Uma seleção dos conteúdos e datas mais importantes para médicos dentistas também passam a ser divulgados gratuitamente num novo canal de WhatsApp da Ordem...


Vídeo destacado


 
 

 
 
 
 
 
 

Calendário / eventos